i


...

- - -
- - -- -
- - - - - - -- - - - - EXEMPLAR..- -- - - -- -..B & B - -- - - - - - UM OUTRO BACH? - -- - TRUTAS

19 - Ippolitov-Ivanov

Novembro/19
aniversário do nascimento de
Mikhayl Ippolitov-Ivanov
(1859-1935)
.

.
"Procissão do Sardar", da Suite nº 1, op. 10 "Esboços Caucasianos"
Ippolitov-Ivanov
Orquestra de Filadélfia / maestro Eugene Ormandy
.
.
Mikhail Mikhailovich Ippolitov-Ivanov nasceu a 19 de Novembro de 1859, em Gatchina, perto de S. Petersburg, onde o pai era mecânico no Palácio. Estudou música em casa e fazia parte do coro da catedral de Santo Isaac, onde teve alguma formação musical, antes de entrar para o Conservatório de S. Petersburgo, em 1875. Em 1882 completou os estudos de composição como aluno de Rimsky-Korsakov, cuja influência é notável nas suas composições.
O primeiro cargo de Ippolitov-Ivanov foi o de director da Academia de Música e maestro da Orquestra de Tbilisi, a principal cidade da Georgia, onde permaneceu durante sete anos.
Em 1893 assumiu o cargo de professor do Conservatório de Moscovo, do qual foi director entre 1905 e 1924.
Foi maestro do Teatro de Bolshoi, em 1925 e prestou um grande contributo à radiodifusão e ao jornalismo musical.
Faleceu em Moscovo, no dia 28 de Janeiro de 1935.

A produção de Ippolitov-Ivanov inclui óperas, música orquestral, música de câmara e um grande número de canções. Nas suas composições transparece o interesse pela música dos vários grupos étnicos que fazem parte do império russo. A maioria das suas obras é pouco ouvida e divulgada – mas é bem conhecida a suite orquestral “Esboços Caucasianos”.

*