i


...

- - -
- - -- -
- - - - - - -- - - - - EXEMPLAR..- -- - - -- -..B & B - -- - - - - - UM OUTRO BACH? - -- - TRUTAS

2 - Schipa; Almeida; Goldmark

EFEMÉRIDES DA SEMANA
.
.

Tito Schipa
.
Entre as grandes guerras mundiais, numa época repleta de grandes tenores, como Enrico Caruso, Giovanni Martinelli, Beniamino Gigli ou Giacomo Lauri-Volpi, entre tantos outros de vozes poderosas, destacou-se enormemente um tenor de voz ligeira: Tito Schipa.
Passou esta semana o aniversário da morte de Raffaele Attilio Amedeo Schipa, italiano nascido em Lecce a 27.Dez.1888 e que viria a falecer em 1965. Usou o nome artístico de Tito Schipa e ficou na História como um dos grandes tenores do séc. XX.
Dizia: “coloque as palavras sobre os lábios, e cante; ao inspirar, coloque a mão na barriga onde se dá o encontro das duas últimas costelas; se sentir que esta região afunda na inspiração, e o ar está lá em baixo, então cante, você já está a respirar correctamente”.
Schipa tinha uma técnica vocal perfeita, apresentando ao público as árias e canções com uma dicção perfeita, pronunciando todas as sílabas em qualquer nota da escala com clareza e muita qualidade.
Além de um repertório de tangos argentinos e outras canções, as suas interpretações de canções italianas e napolitanas foram incomparáveis.
.
'Un Di Felice Eterea' de 'La Traviata''
Libiamo, Libiamo Nei Lieti Calici' de 'La Traviata'
Tito Schipa e Toti Dal Monte
.
António de Almeida
.
No primeiro dia do ano passou o 80º aniversário do nascimento de um reputado maestro de nacionalidade americana e ascendência portuguesa – embora não tenha nascido nem em Portugal nem na América.
António de Almeida nasceu em Neuilly-sur-Seine, próximo de Paris, a 1.Jan.1928.
Começou por estudar piano em Paris, mas mais tarde viria a dizer que não era um pianista excepcional.
Em Nova Iorque, no princípio da década de 1940, aprendeu sozinho a tocar clarinete, ouvindo discos de Benny Goodman e Artie Shaw. Depois a família mudou-se para a Argentina e foi em Buenos Aires que ele desenvolveu os seus estudos musicais.
Seria como maestro que viria a distinguir-se. Dirigiu a Orquestra Sinfónica do Porto e mais tarde a Ópera de Nice e a Orquestra Filarmónica de Nice. Como maestro convidado, regeu orquestras tão importantes como a Filarmónica de Berlim, a Sinfónica de Chicago e a Orquestra de Filadélfia.
A partir de 1993 foi director musical da Orquestra Sinfónica de Moscovo.
Quando morreu, em 1997, o New York Times salientava a maior contribuição de António de Almeida para a música do séc. XX: a profundidade com que, enquanto maestro e musicólogo, estudou e desenvolveu a interpretação da obra de Jacques Offenbach.
.
Concerto Militar, para violoncelo e orquestra
(Offenbach)
Violoncelista Ofra Harnoy / Orquestra Sinfónica de Bournemouth
Maestro António de Almeida
.

Karl Goldmark
.
A 2.Jan.1915 faleceu em Viena o compositor Karl Goldmark.
Húngaro de nascimento, Karl Goldmark fez o essencial da sua carreira em Viena, depois de um primeiro período em que dividiu a sua actividade entre professor e violinista de orquestras de teatro.
Em larga medida autodidacta como compositor, conseguiu o seu primeiro sucesso com o Quarteto para Cordas, Op.8, em 1860. Ingressou numa sociedade wagneriana em Viena e gradualmente conquistou uma posição de grande importância no meio musical da cidade.
Compôs duas sinfonias e uma série de aberturas e concertos, mas a sua obra mais consagrada é, sem dúvida, a ópera “A Rainha de Saba”, que depois da Áustria e da Alemanha foi muito popular na Itália e se tornou uma obra de referência no repertório da ópera mundial.
.
Música de Ballet de "A Rainha de Sheba"
Orquestra do Estado Húngaro / Maestro Janos Ferencsik

*