i


...

- - -
- - -- -
- - - - - - -- - - - - EXEMPLAR..- -- - - -- -..B & B - -- - - - - - UM OUTRO BACH? - -- - TRUTAS

7 - Stuart Burrows

Fevereiro/7

aniversário do nascimento de
Stuart Burrows




"Il mio Tesoro" (Don Giovanni, Mozart).
.
Um tenor britânico, um dos maiores cantores líricos do mundo
.
.
Nascido no País de Gales a 7.Fev.1933, Stuart Burrows considera como ponto mais alto da sua carreira a sua participação no Fesrival de Atenas, interpretando o "Oedipus Rex”, de Stravinsky, por designação do próprio compositor. A verdade é que, 29 anos depois da sua estreia na Royal Opera House (em 1967) Burrows tinha-se afirmado como um dos maiores cantores líricos do mundo.
Foi aclamado nas maiores salas de ópera de todo o mundo – da ópera de San Francisco, ao Teatro Cologne de Buenos Aires, à Ópera de Paris ou à òpera Estatal de Viena, protagonizando os principais papeis de Mozart a Donizetti, de Puccini a Berlioz. Como intérprete convidado, fez digressões com a Royal Opera no Extremo Oriente e no Japão e cantou nas cerimónias dos Jogos Olímpicos de 1984 em Los Angeles.
Familiarizado com os palcos mais exigentes, interpretou papeis de protagonista na Brahmsaal de Viena (considerada a mais importante sala de concerto da Europa) no Teatro La Scala de Milão, no Carnegie Hall e no Metropolitan de Nova Iorque. Com a orquestra do Met, como convidado, fez várias digressões pela América
Também para a televisão Burrows foi muito solicitado. Fez programas para estações de Canadá, Irlanda, Finlandia, Bélgica, Austrália e França, onde cantou o Requiem de Berlioz sob a direcção de Bernstein. A BBC dedicou-lhe um programa semanal que, ao longo de 8 anos, teve audiência de oitenta milhões de espectadores.

*