i


...

- - -
- - -- -
- - - - - - -- - - - - EXEMPLAR..- -- - - -- -..B & B - -- - - - - - UM OUTRO BACH? - -- - TRUTAS

14 - Michel Corboz

Fevereiro/14

aniversário do nascimento de
Michel Corboz
(14.Fev.1934)

.
.
A celebração do dia dos namorados vem a propósito do homem que hoje homenageamos – um maestro que se apaixonou por Portugal há quase 40 anos e arranjou “namoro” eterno com uma das mais prestigiadas orquestras nacionais. Michel Corboz nasceu na Suiça precisamente no dia 14 de Fevereiro, no ano de 1934.
.
A entrada de Michel Corboz no universo da música está profundamente ligada ao seu fascínio pela voz e pelas obras escritas no domínio da música vocal. Por isso dirige na actualidade, pelo mundo inteiro, as grandes oratórias que incluem coro, solistas e orquestra. Em 1961, fundou o Ensemble Vocal de Lausanne. As inúmeras distinções concedidas e o acolhimento entusiasta da imprensa, manifestado pelas suas gravações das Vésperas e do Orfeo de Monteverdi, marcaram o início de uma carreira que evoluiu naturalmente, sem ambições particulares, enriquecendo-se todos os anos com uma nova obra.
.
Em 1969 foi nomeado Maestro Titular do Coro Gulbenkian. Pela sua reconhecida competência, foi solicitado a ficar, sucessivamente, durante os mais de 35 anos seguintes. Dirigindo o Coro Gulbenkian, realizou um grande número de concertos e gravações de obras de carácter coral-sinfónico, tendo assim colocado em destaque as qualidades raras e fundamentais deste coro. Foi também, nos últimos anos, também professor de direcção coral no Conservatório de Genebra.
.
Em Dezembro de 1999 foi condecorado pelo Presidente da República Portuguesa com a Grã Cruz da Ordem do Infante. Já então tinha mais de 100 títulos gravados, muitas vezes galardoados por várias academias internacionais do disco. Da música sacra à ópera, muitas das suas gravações são com o Coro Gulbernkian e com intérpretes portugueses.

*