i


...

- - -
- - -- -
- - - - - - -- - - - - EXEMPLAR..- -- - - -- -..B & B - -- - - - - - UM OUTRO BACH? - -- - TRUTAS

9 - Samuel Barber

Março/9
aniversário do nascimento de
Samuel Barber
(1910-1981)
.
.
.


Samuel Osborne Barber nasceu em Westchester, em 1910 e morreu em Nova Iorque no dia 23.Jan.1981.
Notabilizou-se como compositor – e começou cedo: assinou a sua primeira composição quando tinha sete anos. Celebrizaram-no o seu Concerto para Violino, a ópera Vanessa (graças à qual ganhou o Prémio Pulitzer em 1957) e, acima de tudo, o Adágio para Cordas, que é uma das obras clássicas mais utilizadas no cinema, nos mais diversos tipos de filmes. Platoon, Elephant Man, Amélie e Lorenzo’s Oil são apenas alguns dos filmes em que o Adagio de Barber enriquece as cenas de enorme dramatismo – para já não falarmos da repetida utilização da obra em episódios dos populares Simpsons.

Em Janeiro de 1938, Barber enviou o Adagio a Arturo Toscanini. O maestro devolveu-lhe a partitura sem qualquer comentário, o que desgostou severamente o jovem compositor. Passado pouco tempo, Toscanini escreveu a um amigo, dando notícia de que estava a preparar a apresentação da peça – e acrescentou que devolvera sem comentários porque, simplesmente… a tinha memorizado integralmente. No dia 5 de Novembro desse ano de 1938 o Adagio para Cordas teve a sua estreia com a Orquestra Sinfónica da NBC. Foi interpretada a versão original do arranjo do próprio Barber e a dirigir a orquestra estava Toscanini.

*