i


...

- - -
- - -- -
- - - - - - -- - - - - EXEMPLAR..- -- - - -- -..B & B - -- - - - - - UM OUTRO BACH? - -- - TRUTAS

12 - Yehudi Menuhin

Março/12

aniversário da morte de
Yehudi Menuhin
(1916-1999)

.
12/Mar/1926 Yehudi Menuhin, com dez anos, faz a sua estreia, tocando a Sinfonia Espanhola, de Lalo, com a Orquestra Sinfónica de S. Francisco
.
.
Yehudi Menuhin nasceu no dia 22 de Abril de 1916, em Nova Iorque, de pais judeus russos. “Enorme” violinista e maestro, nasceu americano e foi naturalizado suíço em 1970 e britânico em 1985.
Começou a ter lições de violino aos 3 anos e, muito cedo, demonstrou um extraordinário talento. Mais tarde estudou com o compositor e violinista romeno George Enescu.
Em 1929, tocou em Berlim, sob a batuta de Bruno Walter, três concertos de Bach, Brahms e Beethoven. Albert Einstein assistiu a esse concerto e, no fim, teria exclamado: “Agora sei que Deus existe.”
Em 1932, gravou o Concerto para Violino em si menor, de Elgar, com o próprio compositor à frente da orquestra.
Menuhin actuou para as tropas aliadas durante a 2ª guerra mundial e, com o compositor Benjamin Britten, deu concertos para os reclusos do campo de concentração de Bergen-Belsen, depois da sua libertação, em 1945.
Regressou à Alemanha, em 1947, para actuar com a Orquestra Filarmónica de Berlim, sob a direcção do maestro Wilhelm Furtwängler, como um acto de reconciliação, tornando-se no primeiro judeu a fazê-lo, depois do holocausto. Disse a críticos na comunidade judaica que queria reabilitar a música e o espírito da Alemanha.
Lord Menuhin morreu no dia 12 de Março de 1999, em Berlim, devido a complicações derivadas de bronquite.

*