i


...

- - -
- - -- -
- - - - - - -- - - - - EXEMPLAR..- -- - - -- -..B & B - -- - - - - - UM OUTRO BACH? - -- - TRUTAS

4 - Antonio Vivaldi

Março/4

aniversário do nascimento de
Antonio Vivaldi
(1678-1741)

.
.
Antonio Lucio Vivaldi nasceu em Veneza no dia 4 de Março de 1678. Foi um compositor e músico italiano do estilo barroco tardio. O pai de Vivaldi era barbeiro mas era, também, um talentoso violinista. Ajudou-o a iniciar uma carreira no mundo da música e foi responsável pela sua admissão na orquestra da Basílica de São Marcos, onde se tornou o maior violinista do seu tempo.
Em 1703, Vivaldi tornou-se padre. Chamavam-lhe “il prete rosso” (o padre vermelho) por ser um sacerdote ruivo. Um ano depois de ter sido ordenado, foi dispensado de celebrar missa, devido à sua saúde fragilizada. Aparentemente sofria de asma. Vivaldi voltou-se, então, para o ensino de violino num orfanato de raparigas, em Veneza, chamado “Ospedale della Pietà”. Pouco tempo após o seu início nestas novas funções, as crianças ganharam-lhe apreço e estima. Vivaldi compôs para elas a maioria dos seus concertos, cantatas e música sacra.
No orfanato, Vivaldi desempenhou diversos cargos interrompidos apenas pelas suas muitas viagens e, em 1713, tornou-se responsável pelas actividades musicais da instituição. António Vivaldi foi realmente um compositor prolífico: compôs 770 obras, entre as quais 477 concertos e 46 óperas. É sobretudo conhecido popularmente como autor dos concertos para violino e orquestra “As quatro estações”.
.

.
Em 1705 foi publicada a primeira colecção dos trabalhos de Vivaldi. Muitos outros se lhe seguiram. Tal como aconteceu com tantos compositores da época, Vivaldi, terminou a sua vida na pobreza. Faleceu em Viena, no dia 28 de Julho de 1741. Foi-lhe dada uma sepultura anónima, de pobre. No seu funeral foi cantada a missa de Requiem, na qual o jovem Joseph Haydn terá cantado, no coro.
Igualmente desafortunada, a música de Vivaldi viria a cair na obscuridade até aos anos de 1900. A maior parte do seu repertório só foi descoberta na primeira metade do século XX em Turim e Génova, e publicada na segunda metade.

*