i


...

- - -
- - -- -
- - - - - - -- - - - - EXEMPLAR..- -- - - -- -..B & B - -- - - - - - UM OUTRO BACH? - -- - TRUTAS

K.Weill - Ópera dos 3 Vinténs

14.Jun.2007

ÓPERA DOS 3 VINTÉNS
Kurt Weill
OUVIR O PROGRAMA

.
Faz hoje anos – faz precisamente 55 anos – que os Estados Unidos da América assistiram a uma estreia com importante significado para a cultura do séc. XX.
Kurt Weill, um jovem músico alemão nascido em Dassau no ano de 1900, tinha 27 anos quando se encontrou em Berlim com o escritor e dramaturgo Bertold Brecht.
Desse encontro nasceu uma nova ideia da ligação entre música e teatro. A grande arte do palco passou a ser como nunca tinha sido antes.
Hoje em dia, ninguém pode falar de Teatro sem conhecer Brecht. E ninguém falará da obra de Brecht sem a associar à música de Kurt Weill.
Weill compôs quase exclusivamente para as peças dramáticas de Brecht até que morreu, aos 50 anos, em Nova Iorque, onde se refugiou da perseguição que o regime nazi lhe fizera na sua Alemanha.
Foi nesse país em que se acolheu Kurt Weill, os Estados Unidos, que ocorreu a estreia que hoje comemoramos.
Foi a estreia da mais célebre peça teatral de Bertold Brecht e Kurt Weill: A Ópera dos Três Vinténs.
A Ópera dos Três Vinténs chegou à América dois anos depois da morte de Kurt Weill, no dia 14.Jun.1952. Faz hoje 55 anos.

*Orquestra Sender Freies Berlin
. Maestro Wilhelm Bruckner-Ruggeberg, Solista Wolfgang Neuss

*