i


...

- - -
- - -- -
- - - - - - -- - - - - EXEMPLAR..- -- - - -- -..B & B - -- - - - - - UM OUTRO BACH? - -- - TRUTAS

24 - Teresa Stich-Randhal



Dezembro/24

aniversário do nascimento de
Teresa Stich-Randhal
(1927-2007)





Teresa Stich-Randall nasceu a 24 de Dezembro de 1927, em New Hartford, no estado de Connecticut, E.U.A.

Estudou na Hartt School of Music, em West Hartford.
Foi descoberta nos finais dos anos 40 por Arturo Toscanini, que a contratou para uma série de actuações com a sua Orquestra Sinfónica da NBC, em Nova Iorque. Toscanini descreveu-a como “a descoberta do século”.
Estreou-se na Europa, em Florença e ganhou uma competição em Lausanne. Isto levou a que desse uma série de espectáculos com a Basel Opera, na Suiça.
A estreia na ópera deu-se em 1947, no papel de Henrietta, na ópera “Mother of us All”, de Virgil Thomson e, um ano depois, interpretou o papel principal na ópera “Evangeline”, de Otto Leuning. Estreou-se na Ópera Lírica de Chicago, em 1955, no papel de Gilda, na ópera Rigoleto, de Verdi. Cantou, pela primeira vez, no Metropolitan Opera de Nova Iorque, na ópera Cosi fan tutti, em 1961 e permaneceu no Met até 1966.
Em 1962, o governo da Áustria atribuiu-lhe o título de Kammersängerin, título esse que só era atribuído aos melhores artistas.
Por volta de 1980, a carreira de Stich-Randall já tinha terminado. Morreu em Viena no dia 17 de Julho de 2007.

















Aria "Jesu, komm in meiner Seele", da Cantata "Machet die Tore Weit"
(G. P. Telemann)
Orquestra de Câmara de Viena /maestro Wilfried Böttcher


*