i


...

- - -
- - -- -
- - - - - - -- - - - - EXEMPLAR..- -- - - -- -..B & B - -- - - - - - UM OUTRO BACH? - -- - TRUTAS

Kathleen Ferrier (Purcell; Mahler)

8.Out.2007

PURCELL; MAHLER
CANTADOS POR
Kathleen Ferrier
(1912-1953)
.
CANÇÕES (5min10)
.
.
Lembramos hoje a cantora inglesa Kathleen Ferrier, falecida faz hoje anos.
Kathleen Mary Ferrier, que nasceu em Blackburn, em 1912, viveu apenas 41 anos, tendo falecido, vitimada por cancro, quando estava no auge da sua carreira.
Deixou a escola aos 14 anos e empregou-se como telefonista. Um dia, o marido (gerente bancário) desafiou-a a concorrer a uma competição de voz e piano da pequena cidade em que viviam. Kathleen concorreu e ganhou – e isso bastou para que fosse descoberta uma voz única.
O casal mudou-se para Londres e Kathleen estudou canto com personalidades grandes da música.
O timbre singular de contralto (que depois se disse ser devido a uma doença na traqueia) fez dela uma excelente intérprete de Mahler, Bach e Handel. Até à sua última performance, em “Orfeu e Eurídice”, de Gluck, em Covent Garden, contracenou com grandes nomes do bel canto e trabalhou com maestros como Barbirolli, Walter e Karajan.
Gravemente doente, quis cantar até ao fim. Em Fevereiro de 1953, subiu ao palco de Covent Garden para repetir o sucesso que tinha conseguido dias antes. Estava a cantar quando um osso de uma das pernas, afectado pelas metásteses cancerosas, se partiu. Saíu em maca e a sua carreira tinha terminado. A vida chegaria ao fim uns meses mais tarde.

* “Sound the Trumpet”, de Henry Purcell
* Canção nº 4 das “Kindertotenlieder”, de Gustav Mahler
.
.
AMANHÃ
Camille Saint-Saens - Introdução e Rondo Capriccioso
.
.
_______________________

*