i


...

- - -
- - -- -
- - - - - - -- - - - - EXEMPLAR..- -- - - -- -..B & B - -- - - - - - UM OUTRO BACH? - -- - TRUTAS

15 - Edvard Grieg

Junho/15
aniversário do nascimento de
Edvard Grieg

.
.
Edvard Hagerup Grieg nasceu em Bergen, Noruega, a 15.Jun.1843.
.
Quando, no dia 4 de Setembro de 1907, soou a notícia da morte de Grieg, toda a noruega chorou por aquele que foi não só o mais importante compositor norueguês, mas também um especial cultor da história e do folclore do país.

Edvard Grieg recebeu desde criança uma rigorosa educação musical, não só porque a mãe era uma notável pianista profissional, não só porque o pai era um entusiástico melómano com vários antepassados músicos, mas principamente porque revelou desde cedo o talento que viria a levá-lo a um estilo muito pessoal.
Estudou na Noruega e também na Alemanha – onde se licenciou no Conservatório de Leipzig, um dos mais importantes da Europa – e pouco depois dos 20 anos começou a passar longas temporadas em Copenhaga, porque naquela época a capital dinamarquesa era uma segunda casa para os artistas e intelectuais noruegueses.
Mas foi nessa época que Grieg começou também a interessar-se pela música folclórica da sua Noruega – e dedicou-se-lhe com tal empenho e com tal brilho que o governo norueguês lhe atribuíu uma remuneração anual para assegurar a continuidade da sua obra. E ele correspondeu com a batalha que apaixonadamente travou durante toda a vida para elevar a qualidade da música no seu país, aproveitando inclusivamente o conhecimento que travou com grandes nomes do seu tempo, como Brahms e Tchaikovsky

Escrita para acompanhar a representação dramática da obra do escritor norueguês Henrik Ibsen com o mesmo nome, PEER GYNT é, a par do Concerto para Piano e Orquestra em Lá menor, a obra que tornou Grieg eternamente popular.
Em 1888, Grieg tinha seleccionado quatro das peças da obra literária Peer Gynt para formar uma suite de concerto – a que ficou chamada “Primeira Suite”. 4 anos mais tarde, preparou uma segunda suite, a partir de outras quatro peças.
Quando se escuta na íntegra e no contexto da obra de Henrik Ibsen, a música de Grieg mostra a sua capacidade para resumir em poucas frases musicais uma situação dramática, a descrição de um personagem, ou os aspectos místicos ou sobrenaturais do protagonista Peer Gynt. Exemplo disso é a 1ª peça da 1ª suite de Peer Gynt, "A Manhã" - talvez a mais célebre criação deste enorme vulto do romantismo europeu.

14 - Tomaso Albinoni

Junho/14

aniversário da morte de
Tomaso Albinoni
(1671-1751)

.
.
Tomaso Giovanni Albinoni, que nasceu em Veneza em, viveu entre 1671 e 1751 – portanto em plena vigência do Barroco. O mais ilustre dos seus contemporâneos, J. S. Bach, deu conta da riqueza das suas composições e adoptou muitas como exemplo para o ensino dos seus pupilos. Escreveu cerca de cinquenta óperas, das quais 28 foram produzidas em Veneza entre 1723 e 1740.
A sua obra mais famosa, o Adagio em Sol Menor para Órgão e Cordas, é na verdade uma reconstrução conseguida em 1945, a partir de um fragmento de sonata que Remo Giazotto descobriu entre as ruínas da Biblioteca de Dresden, após a II Guerra Mundial.

13 Benny Goodman

Junho/13

aniversário da morte de
Benny Goodman
(1909-1986)
.
.
O rei do swing
.
Benjamin David Goodman, mais conhecido como Benny Goodman, nasceu em 1909, em Chicago, filho de imigrantes judeus.
Influenciado por clarinetistas de Nova Orleans que tocavam em Chicago, aprendeu a tocar clarinete na infância e começou cedo a tocar como profissional.
A Benny Goodman se deveu a difusão do swing entre jovens brancos. Além disso, deu um passo importante na integração racial nos Estados Unidos, ao quebrar a regra de músicos brancos e negros não tocarem juntos, no início da década de 1930.
Mas a música de Goodman não se confinou ao mundo do jazz: tocou e gravou com clássicos como Bella Bartok, que inclusivamente escreveu composições para ele – e foi o primeiro músico de jazz a tocar no distinto Carnegie Hall, em Nova Iorque.
No final da vida, Benny Goodman tinha recebido os mais importantes galardões das academias musicais americanas – a que acrescentou doutoramentos Honoris causa que lhe foram conferidos por universidades tão importantes como as de Harvard, Hatford, Brandeis ou Columbia.

12 - György Ligeti

Junho/12

aniversário da morte de
György Ligeti
(1923-2006)

.
.
Sándor György Ligeti nasceu Târnava-Sânmărtin, na região romena da Transilvânia, filho de judeus húngaros. Era sobrinho-neto do grande violinista Leopold Auer.
Estudou no Conservatório de Cluj, onde viveu desde os 6 anos. Em 1943 foi obrigado a interromper os estudos, para ser enviado para um campo de trabalhos forçados, pela sua condição de judeu. O irmão foi deportado para o campo de concentração de Mauthausen e os pais para Auschwitz. De toda a família, só György e a mãe sobreviveram.
Depois da guerra, retomou os estudos em Budapeste, tendo-se formado em 1949. Estudou com com Pál Kadosa, Ferenc Farkas, Zoltán Kodály e Sándor Veress, fez trabalhos de etnomusicologia sobre o folclore romeno mas acabou por regressar ao conservatório de Budapeste, para ensinar harmonia, contraponto e análise musical. Em Dezembro de 1956, dois meses após a invasão da Hungria pelo Exército Soviético, fugiu para Viena e adquiriu nacionalidade austríaca.
Em Colónia veio a conviver e trabalhar com nomes importantes da música electrónica e pós-moderna, como Stockhausen, de quem sofreu influência marcante. Não admira, por isso, o grande número de obras que compôs nesse estilo, a par da música mais clássica a que também se dedicou.
Apesar de muitas de suas obras serem bem conhecidos nos círculos de música clássica, para o grande público Ligeti tornou-se mais conhecido pelas suas peças utilizadas por Stanley Kubrick em filmes famosos, como 2001, Odisseia no Espaço, Shining, e Eyes Wide Shut.

11 - Carlos Seixas

Junho/11

aniversário do nascimento de
Carlos Seixas
(1704-1742)
.
.
"O Bach português"
.
José António Carlos de Seixas, que para a História ficou como Carlos Seixas, nasceu em Coimbra no ano de 1704, e morreu em Lisboa em 1742.
Pensa-se que aprendeu música com o pai, Francisco Vaz, que era organista da Sé de Coimbra – cargo para o qual Carlos Seixas foi nomeado em 1718 e que exerceu até que foi para Lisboa, em 1721.
Na primeira metade do século XVIII, com o esplendor económico que, sobretudo à custa do ouro do Brasil, se vivia em Portugal, a pompa do rei D. João V chamou à corte portuguesa compositores célebres da música italiana, entre os quais Domenico Scarlatti.
Scarlatti, que foi mestre de música dos filhos do Rei Magnânimo, foi solicitado a ensinar Carlos Seixas. Mas depois de ouvir o músico português, terá dito: "ele [Seixas] é que me pode dar lições" – "é dos maiores professores que tenho ouvido".
Carlos Seixas foi um brilhante improvisador e as cerca de 150 composições da sua autoria que chegaram até nós – tocatas, minuetes, fugas, peças religiosas - colocam-no entre os maiores compositores portugueses, nomeadamente no domínio da música de teclas.
É um insigne representante da época barroca, internacionalmente reconhecido. Chamam-no frequentemente “o Bach português”.

10 - Richard Wagner

Junho/10
aniversário da estreia de
Tristão e Isolda
Richard Wagner

.
.
10/06/1865 - A ópera Tristão e Isolda é apresentada, na sua estreia mundial, em Munique
.
Wilhelm Richard Wagner nasceu em Leipzig, cidade talismã da grande música e viria a morrer em Veneza, outra cidade de enorme tradição musical.
Foi compositor, maestro, teórico musical, ensaista e poeta. Na Música, foi um dos expoentes do romantismo.
Era um homem de personalidade egocêntrica e teve vida turbulenta e ideias radicais, não só quanto à música, mas também em assuntos tão diversos como a religião e a pureza racial.
Tendo-se apropriado do dinheiro e das mulheres dos seus amigos como se a sua condição de génio tudo permitisse, Wagner viveu em mais de uma dúzia de cidades da Europa – por vezes fugido de credores impacientes ou governos enfurecidos. Era anti-semita e xenófobo fanático e os seus caóticos panfletos viriam a ser muito admirados pelo ditador Adolf Hitler
Apesar deste carácter controverso, Richard Wagner teve um papel primordial na cultura europeia do séc. XX. Revolucionou a ópera, que com ele passou a ser o chamado “drama musical” – combinação perfeita de música, poesia, dança e artes visuais.
Apesar deste carácter controverso, Richard Wagner teve um papel primordial na cultura europeia do séc. XX. Revolucionou a ópera, que com ele passou a ser o chamado “drama musical” – combinação perfeita de música, poesia, dança e artes visuais.

9 - Carl Nielsen

Junho/9
aniversário do nascimento de
Carl Nielsen
(1865-1931)
.
.
Carl Nielsen nasceu numa aldeia perto de Odense, Dinamarca, a 9.Jun.1865.
Filho de uma família pobre, conseguiu estudar violino e piano no Conservatório de Copenhaga e aprendeu também a tocar diversos instrumentos de sopro numa banda militar. Nunca teve aulas de composição.
Apesar disso, começou a compor. Em 1894 estreou a sua primeira sinfonia, sem êxito digno de nota – mas 2 anos depois a mesma obra foi apresentada em Berlim e teve enorme sucesso.
Mesmo assim, a sua carreira continuou quase limitada aos concertos como violinista no Teatro Real de Copenhaga.
Só em 1905 conseguiu editor para as suas composições. Depois, as suas seis sinfonias, além de diversas obras de câmara (principalmente para instrumentos de sopro) fizeram dele o mais célebre compositor dinamarquês.
Morreu a 3 de Outubro de 1931.

9 - Cole Porter



Junho/9

aniversário do nascimento de
Cole Porter
(1891-1964)

Cole Albert Porter nasceu a 9 de Junho em Peru, no estado de Indiana.
A mãe iniciou-o no estudo musical desde tenra idade: aprendeu violino aos seis anos, piano aos oito e escreveu a primeira opereta (com o auxílio da mãe) aos 10. A mãe chegou a alterar a sua data de nascimento de 1891 para 1893, para fazê-lo parecer mais precoce.
O avô queria que o garoto se tornasse advogado e, pensando nessa carreira, enviou-o para a Academia de Worcester em 1905 e depois para a Universidade de Yale em 1909.
Em 1937, num acidente de cavalo, partiu as duas pernas e ficou com dores crónicas, severamente incapacitado. Após uma série de úlceras e 34 operações, a perna direita teve de ser amputada e substituída por uma prótese mecânica, em 1958.
Cole Porter morreu de insuficiência renal, no dia 15 de Outubro de 1964, aos 73 anos, em Santa Monica, Califórnia. O seu trabalho inclui, entre muitas outras obras, as comédias musicais “Kiss Me, Kate” e “Anything Goes”, as canções “I Get a Kick Out of You”, “I've Got You Under My Skin” e um dos seus maiores sucessos “Night and Day".

.
Night and Day / Ella Fitzgerald --------------- Night and Day / Aster & Rogers -------- I’ve got you under my skin / Sinatra
.
------------

8 - Robert Schumann

Junho/8
aniversário do nascimento de
Robert Schumann
(1810-1856)
.
.
Robert Schumann nasceu em Zwickau, Alemanha, a 8.Jun.1810. É a figura chave do romantismo musical alemão.
Descrito por muitos como “o eterno adolescente”, interrompeu um princípio de carreira em Direito pelo desejo de vir a ser pianista – mas teve de renunciar a esse sonho, ao sofrer um acidente num dedo da mão direita.
No entanto, o piano continuou a ser o centro inspirador da sua veia criativa, como compositor – sobretudo depois de ter casado com Clara Wieck (depois Clara Schumann), filha de um seu professor e que foi uma das pianistas mais célebres da sua época.
Apesar de reconhecido como destacado compositor, as crises nervosas e depressões, causadas ao que parece pela sífilis, cedo puseram fim à sua produção musical.
Morreu aos 45 anos, num manicómio.

7 - George Szell

Junho/7

aniversário do nascimento de
George Szell
(1897-1970)

.
.
György Széll, mais conhecido pelo nome anglicizado George Szell, nasceu a 7 de Junho de 1897 e viveu até 1970.
De origem húngara, Szell foi compositor, mas foi como maestro que mais se notabilizou. Dele se dizia que tinha uma batuta "muito afiada" – o que bem traduz como era reconhecida a sua precisão interpretativa.
Fez numerosas gravações com diversas orquestras, mas é muito lembrado pela longa permanência como director musical da Orquestra de Cleveland.

6 - Aram Khatchaturian

Junho/6
aniversário do nascimento de
Aram Khatchaturian
(1903-1978)

.
.
Aram Ilitch Khatchaturian nasceu em Tblisi (Geórgia) a 6 de junho de 1903, numa família humilde e teve os primeiros contactos com a música através de danças e canções folclóricas. Esta influência original terá contribuído para as características peculiares da sua obra: a música de Khatchaturian é estruturada sob a forma tradicional e tem um ritmo e um colorido que a tornam muito popular.
Não se pense, porém, que a música de Khatchaturian é simples ou fácil. Pelo contrário, as suas composições fazem brilhar os virtuosos e a sua obra global é variada. São célebres os seus Concerto para Piano, Concerto para Violino, e Concerto para Violoncelo, a par de magistrais obras para orquestra, entre as quais 3 sinfonias, a suíte sinfónica Masquerade e os bailados Spartacus e Gayaneh .
Desta última obra – o bailado Gayaneh – faz parte a peça que é talvez a mais famosa das obras de Khatchaturian: A Dança do Sabre.
.
A vida de Khatchaturian esteve toda ela ligada à evolução política da União Soviética: foi um compositor do regime soviético, tendo em 1943 escrito a sua Sinfonia nº 2 para a comemoração ao 25º aniversário da revolução bolchevique. Em 1948 foi acusado de compor música “com tendências burguesas”. Em 1954, após a morte de Estaline, foi proclamado “Artista do Povo”; e em 1959 recebeu o Prémio Lenine.
Morreu no dia 1º de Maio de 1978.

5 - Carl Maria von Weber

Junho/5

aniversário da morte de
Carl Maria von Weber

.
.
Carl Maria von Weber nasceu em Eutin a 18.Nov.1786 e veio a falecer em Londres a 5.Jun.1826.
Weber é um nome destacado do romantismo, sobretudo porque a ele se deve a criação da que é considerada a primeira ópera romântica alemã, “O Franco-Atirador” (Der Freischutz). Na transição do Classicismo para o Romantismo, a obra de Carl Maria von Weber introduziu a nova estética musical na Alemanha, sendo por isso considerado um pioneiro do drama musical daquele país.
Interessado em novas sonoridades e combinações instrumentais, Carl Maria von Weber, barão de Holstein (hoje região integrada na Alemanha) foi um teórico do Romantismo e destacou-se como pianista e violinista, tendo mais tarde manifestado predilecção pelo clarinete e pela trompa.
A sua música influenciou a inspiração musical de Wagner.

4 - Cecilia Bartoli

Junho/4

aniversário do nascimento de
Cecilia Bartoli

.
.
OUVIR TAMBÉM "Lascia la Spina"
.
Cecilia Bartoli nasceu em Roma, a 4 de Junho de 1966, filha de Silvana Bazzoni e Angelo Bartoli, eles próprios cantores profissionais, que desempenharam também um papel muito importante na sua educação musical, iniciada no Conservatório de Santa Cecília.
Mezzo-soprano conhecida pelos papéis em óperas de Mozart e Rossini, Bartoli também é uma aclamada intéprete de cantos barrocos. Diferentemente da maioria de cantores de ópera, tornou-se mundialmente célebre muito jovem, ainda com menos de vinte anos de idade. E muito jovem começou a colaborar e a ser convidada por praticamente todos os grandes maestros mundiais.
O seu repertório de concerto compreende peças seculares e religiosas, desde os mais antigos madrigais renascentistas aos grandes ciclos de canções orquestrais do período Romântico e do período Moderno. O seu maior empenho vai, talvez, para a área da Música Antiga, para a qual ela tem insistentemente chamado a atenção do público com cada vez mais entusiasmo. As suas interpretações de Scarlatti, Vivaldi, Gluck, Paisiello, Caldara e Caccini têm ajudado a criar um novo público para este repertório um pouco por todo o mundo. Este interesse crescente na Música Antiga tem levado a colaborações com grandes orquestras especializadas neste período.
Entre os seus títulos, contam-se o de Cavalieri de Itália e de Chevalier des Arts et des Lettres, atribuído pelo governo francês. Foi também eleita Membro Honorário da Real Academia de Música em Londres e Accademico Effetivo di Santa Cecilia em Roma.

3 - Georges Bizet

Junho/3

aniversário da morte de
Georges Bizet
(1838-1875)

.
.

Georges Bizet, compositor francês do Romantismo do séc. XIX, nasceu numa família de músicos e era uma criança-prodígio. Aos nove anos foi admitido no Conservatório de Paris, onde estudou e foi agraciado com importantes prémios, um deles atribuído pelo célebre compositor Jacques Offenbach
. Estudou também em Itália, onde obteve o Prémio de Roma.
Embora tenha sido mais famoso como compositor, Bizet foi também um grande pianista, inclusivamente elogiado pelo grande Liszt, que o considerou um dos melhores executantes de toda a Europa
.

A Carmen, ópera
em quatro actos, foi escrita por Bizet no ano da sua morte, em 1875, e estreou nesse mesmo ano, no Opéra Comique de Paris.
Suscitou polémica: Apesar do mérito reconhecido por compositores como Camille Saint-Saëns, Tchaikovsky e Debussy, uma boa parte da crítica considerou-a uma obra irreverente e até obscena, chegando a dizer-se que mais parecia obra de Satanás.
A originalidade de Carmen acabaria triunfando sobre os preconceitos da época.
Mas Bizet não viveria a tempo de assistir ao seu próprio triunfo. Exactamente três meses após a polémica estreia, o autor da imortal Carmen morria de um ataque cardíaco. Tinha apenas 36 anos.

Sevilha, na Espanha do séc XIX. Carmen é uma cigana que trabalha numa fábrica de tabacos. A sua beleza quente seduz o inocente soldado Don José. Apaixonado cegamente pela cigana, o soldado resolve abandonar a farda e junta-se a um bando de contrabandistas, amigos da bela Carmen. Pela liberdade de amar, Carmen acaba deixando o pobre amante para ficar com um famoso toureiro. O soldado é tomado por um acesso de ira e ciúme. A ópera acaba, é claro, em tragédia.

2 - Sir Edward Elgar

Junho/2

aniversário do nascimento de
Sir Edward Elgar
(1857-1934)

.
.
Edward William Elgar, nasceu a 2 de Junho de 1857, em Broadheath, Worcestershire.
Filho de um afinador de pianos, e rodeado de música e instrumentos musicais na loja do pai em na Worcester High Street, o jovem Edward foi auto-didacta em música. No Verão levava nos seus passeios música para estudar, iniciando uma forte ligação entre música e natureza.
Deixando a escola aos 15 anos, começou por trabalhar com um advogado local, mas após um ano enveredou por uma carreira musica, aprendendo piano e violino. Aos 22 anos tornou-se chefe de banda no Worcester and County Lunatic Asylum, perto de Worcester. Foi primeiro violino nos festivais de Worcester e Birmingham e chegou a tocar a Sexta Sinfonia e o Stabat Mater de Antonin Dvorak sob a direcção do próprio compositor. Agradou-lhe especialmente, e influenciou-o bastante o estilo de orquestração de Dvorak.
Aos 29, através da actividade de ensino, conheceu a sua futura mulher Caroline Alice Robers, poetisa e escritora. Casaram-se três anos depois contra a vontade da família dela, e a prenda de Edward para Caroline foi a peça para violino e piano Salut d'amour. Os Elgar passaram a residir em Londres, centro da vida musical inglesa. Após algum tempo, constataram que não podiam subsistir apenas com o trabalho de compositor de Edward, pelo que ele retomou o ensino de música.
Durante a década de 90 do século XIX, Elgar construiu uma sólida reputação como compositor, especialmente de obra vocal para os festivais musicais das Midlands. The Black Knight, King Olaf , The Light of Life e Caractacus tiveram algum sucesso, o que lhe permitiu obter um lugar de editor musical.
Em 1899, aos 42 anos de idade, compôs o seu primeiro grande trabalho orquestral, as Variações Enigma, estreadas em Londres dirigidas por Hans Richter. Recebendo o aplauso geral, Elgar tornou-se o compositor britânico mais conhecido da época. Este trabalho intitula-se Variations on an Original Theme (Enigma). O enigma é que, embora haja treze variações do tema original ('enigma'), este nunca é ouvido.
Em 1900 estreou em Birmingham a versão coral do poema do Cardeal Newman The Dream of Gerontius. Apesar da desastrosa estreia, a obra foi posteriormente reconhecida como uma das maiores de Elgar.
Elgar é principalmente conhecido pelas Marchas de Pompa e Circunstância (1901). Após compô-las, foi-lhe pedido para adaptar a letra de A. C. Benson para uma Ode à Coroação do Rei Eduardo VII. O resultado foi Land of Hope and Glory.

*